0
Feminismo negro Literatura brasileira Literatura estrangeira Mulher negra

5 livros sobre mães e maternidade

O dia das mães já passou, mas gravei um vídeo para o canal com indicações de livros que falam sobre mães e maternidade para presentear as mães da vida real. Presentear com livros é sempre uma boa opção e não apenas em datas especiais.  

O primeiro livro que quero indicar é o da brasileira Ana Maria Gonçalves e seu poderoso romance Um defeito de cor porque o livro é sobre a história de uma mãe, negra, que faz de tudo para encontrar o filho que foi vendido pelo próprio pai branco. O livro então vai retomar a história dessa mulher que foi capturada em território africano ainda criança e trazida ao Brasil para ser escravizada. Com isso, o romance irá abarcar esse período da escravidão, passando pelas diversas revoltas que tiveram. É uma verdadeira aula de História sobre o Brasil. É o meu livro favorito da vida e que mostra tudo que uma mãe é capaz de fazer pelo filho.

Mamãe & eu & mamãe, de Maya Angelou é o último livro publicado pela autora norte americana, em que ela relata com muita verdade e de uma forma muito profunda, a relação que ela tinha com a mãe. Maya foi criada durante 10 anos na sua infância pela avó paterna, e quando passa a ser cuidada pela mãe, ambas têm que reconstruir e construir sua relação.

Fique comigo, de Ayobami Adebayo é um romance que vai contar sobre a vida de um casal nigeriano que se casam, se amam e se dão super bem, mas como na cultura nigeriana há uma pressão para que a mulher engravide logo e diante da demora para a mulher engravidar, o casal começa a enfrentar dificuldades. É uma história muito surpreendente e muito bem narrada.

As alegrias da maternidade, da Buchi Emecheta é um livro que mostra o quanto a maternidade é muito difícil, principalmente se a mulher não tiver o apoio do marido e da sociedade. O título, na verdade, é bem irônico porque a história do livro vai mostrar o quanto a maternidade pode ter poucas alegrias se a mãe não tiver uma rede de apoio.

Para educar crianças feministas, da Chimamanda Ngozi Adichie, trata-se de uma carta que Chimamanda escreve para amiga que acabou de se tornar mãe, em que ela dá 15 dicas de como criar os filhos visando uma criação feminista. Ele é um livro pequeno, numa versão de bolso e com um preço e linguagem acessíveis.

Confira esse conteúdo também em vídeo


Você gosta do conteúdo criado pelo Impressões de Maria aqui no blog, no YoutubeInstagram e demais redes? Gostaria de apoiar este trabalho? Você pode fazer suas compras da Amazon usando o link do blog sem pagar nada a mais por isso, ou apoiar o projeto Leituras Decoloniais no Catarse. Obrigada!

Você poderá gostar

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    Livros de estudos literários negros Livros sobre mães “Salvar o fogo”, novo romance de Itamar Vieira Junior