Listas

Livros para aprender sobre a história dos quilombos

A história dos quilombos no Brasil é fundamental para compreender a luta contra a escravidão e a resistência dos afrodescendentes frente à opressão. Os quilombos eram comunidades autônomas formadas por escravizados fugitivos que buscavam liberdade e dignidade. 

Eles representavam uma manifestação poderosa de resistência cultural, social e política, onde se preservaram tradições, línguas, religiões e práticas agrícolas. O exemplo mais notório é o Quilombo dos Palmares, liderado por figuras como Zumbi dos Palmares, que se tornou um ícone da resistência negra. 

O legado dos quilombos é uma parte essencial da identidade afro-brasileira, ressaltando a importância da luta por igualdade, justiça e inclusão, e destacando a persistência da cultura e história africana no Brasil.

Confira alguns títulos para aprender mais sobre o tema:

1- Quilombos: resistência ao escravismo  – Clóvis Moura
O livro enfatiza os quilombos como principal resistência negra à escravidão, tendo como foco Palmares, exemplar pela formação de uma república democrática com território, governo e estrutura de Estado.

2 – Os quilombos e a rebelião negra – Clóvis Moura
Obra sobre a participação ativa dos escravizados no processo contraditório do sistema escravista. No entanto, as lutas, especialmente nos quilombos, tiveram um papel fundamental na estrutura social e política do país, ao invés de serem apenas uma mancha isolada na história.

3 – Mocambos e Quilombos: uma história do campesinato negro no Brasil – Flávio dos Santos Gomes
Histórias de e sobre comunidades de fugitivos da escravidão em que suas lutas contra a ocupação agrária, a busca por desenvolvimento de territórios e cultura própria, fundamentadas no parentesco e na gestão coletiva da terra são alguns dos temas abordados pelo autor.

4 – Mulheres Quilombolas: territórios de existências negras femininas – Selma dos Santos Dealdina
Obra que abre um espaço para vozes historicamente caladas compartilharem perspectivas e saberes, enriquecendo o debate sobre sua própria história e espelhando o ritual ancestral de transmissão de conhecimento ao redor do fogo. 

5 – Quilombolas: Resistência, História e Cultura  – João Bernardo da Silva Filho, Andrezza Lisboa
A obra explora o papel dos quilombos na formação do povo brasileiro, destacando traços das comunidades remanescentes em todo o país e seu reconhecimento oficial. Isso confirma sua autenticidade ao preservar costumes e valores quilombolas ao longo do tempo.

6 – Educação quilombola: Territorialidades, saberes e as lutas por direitos – Givânia Maria da Silva
O livro reúne textos que destacam a relevância da luta quilombola, refletem sobre a educação no Brasil e abordam a disputa territorial. As epistemologias quilombolas mostram diversas lutas por respeito e direitos fundamentais.

7 – O quilombismo: Documentos de uma militância Pan-Africanista – Abdias Nascimento
Neste livro, em dez documentos, é apresentado um programa de ação dos afrodescendentes, baseado na experiência comunal dos quilombos, servindo de base para uma mobilização sociopolítica contra o preconceito que afeta suas vidas.

8 – Uma história feita por mãos negras – Beatriz Nascimento
Sob a organização de Alex Ratts, o livro conta com 24 textos que reafirmam os pontos-chave da obra do autor: relações raciais e de gênero, contribuição negra na sociedade brasileira, recusa de simplificar a questão racial e pesquisas sobre quilombos no Brasil.

9 – Devir Quilomba – Mariléa de Almeida
Registrando vivências de várias mulheres pertencentes a comunidades quilombolas no RJ, este livro ilustra com sensibilidade e delicadeza como o espaço geográfico é gerado, renovado e preservado pela habilidade de estabelecer ambientes protegidos, nos quais ocorre uma reunião harmoniosa com as narrativas, os físicos e os conhecimentos transgredidos.

Você poderá gostar

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    Os livros de Ayọ̀bámi Adébáyọ̀ Romances que abordam o tema da gentrificação Livros de estudos literários negros